Cildo Meireles

Descalas

October 07 — November 14 2003
Exposição no 1º piso






CILDO MEIRELES A Galeria Luisa Strina apresenta, do dia 07 de outubro até 14 de novembro de 2003, exposição individual do artista Cildo Meireles. “Descalas” reúne 16 obras feitas a partir de imagens de escadas que são gravadas em chapas de metal com 50 x 50 cm de dimensões cada uma. As imagens usadas derivam dos projetos que o artista criou para a construção das escadas exibidas na mostra “Panorama” (MAM), que acontece paralelamente a esta exposição. A idéia de decompor e recombinar um objeto é o que interessa ao artista nestas duas exposições.

Nos anos 70, Cildo Meireles fez o projeto para a obra “Antes”, que só veio a ser montada em março deste ano, no Museu de Arte Moderna e Contemporânea de Estrasburgo. Trata-se de uma escada que leva o espectador a uma pequena plataforma, a 4 metros de altura em relação ao chão, onde há uma mesa e uma cadeira. Em cima desta mesa há a reprodução em escala dez vezes menor da escada anterior que, por sua vez, leva a uma repetição da pequena plataforma (com mesa e cadeira), seguindo a menor escala.

Em 2002, na cidade de Siena, na Toscana, o artista montou a obra “Viagem ao centro do céu e da terra”: uma escada de ferro com 40 metros de comprimento que é sustentada verticalmente por fios de aço. Simultaneamente a esta instalação ao ar livre, o artista recebeu um espaço no Palazzo Delle Papesse, onde mostrou 12 escadas em menores formatos (3 metros de altura) e desconstruídas. Na exposição “Panorama”, o artista mostra estas 12 escadas e mais 4 inéditas, formando assim, os 16 trabalhos que originam as 16 obras exibidas na Galeria Luisa Strina.

Back to Top