Eduardo Basualdo

Testigo

13 Agosto — 14 Setembro 2013






A Sala principal recebe a primeira exposição individual do argentino Eduardo T. Basualdo.

O elo é um elemento que só funciona em grupo. Aqui, fora de sua cadeia, sem função e isolado, ele ilustra e personifica o estado de incerteza dos que atravessarão as provas da instalação Testigo, do artista argentino Eduardo T. Basualdo. Se pensarmos em nós como elos de uma corrente maior, entendemos que a única maneira de vê-la é estando fora dela.

Pensada especialmente para a sala principal da Galeria Luisa Strina, Testigo se inspira nos ritos de iniciação das sociedades primitivas e apresenta um conjunto de 7 obras de grandes formatos compostas por paredes, grades de ferro e espelhos que, como uma série de provas se impõem ao longo da extensa sala e convidam o espectador, com seu corpo, a atravessá-las em busca de uma transformação, deixando de ser protagonistas para se tornarem testemunhas, não apenas de sua própria condição mas das circunstâncias desse período específico no qual vivemos.

Eduardo T. Basualdo. 1977, Buenos Aires, Argentina, onde vive e trabalha.  Próximas exposições incluem: Musée departemental d’art contemporain de Rochechouart, France (2013). Exposições individuais recentes incluem: The end of ending, PSM, Berlin, Germany (2012); Todo lo Contrario, Ruth Benzacar Gallery, Buenos Aires, Argentina (2009); Niña Lágrimas de Cocodrilo, with “Provisorio-Permanente”, Fondo Nacional de las Artes, Buenos Aires (2009); Exposições Coletivas incluem: La Biennale de Montevideo, Uruquay (2012); Art Parcours, curated by Jens Hoffmann, Art 43 Basel 2012, Switzerland (2012); Mapas Invisibles, cur. by Violata Horcasitas, Luis Adelantado Gallery, Mexico (2012); 11th Biennale de Lyon, La Sucrière, Lyon, France (2011); One Way (Sentido Unico), Fundación Jumex, México (2010); Panamericana, Kurimanzutto Galery, México (2010).

Voltar ao Topo