Marcellvs L.

Indiferença

07 Novembro — 07 Dezembro 2013






A Galeria Luisa Strina tem o prazer de apresentar “Indiferença”, a segunda exposição individual do artista Marcellvs L. na Galeria.  Marcellvs L. irá apresentar na Galeria uma exposição composta por cinco peças: quatro videoinstalações e uma instalação sonora. As cinco obras serão expostas de forma orquestrada, em loop, no espaço expositivo.

A instalação Light defining Light (2013), é composta por três momentos distintos gravados entre os solstícios de verão e inverno de 2012 na Islândia. A questão fundamental deste trabalho é colocar em diálogo a gradual diminuição da luz natural e a consequente amplificação da luz elétrica durante a passagem das estações do ano, apresentado como a luz natural defini a luz artificial e vice e versa, ao contrário da oposição tradicional luz e escuridão.

O trabalho Specular (2013), foi elaborado a partir de dois vídeos gravados num mesmo local em momentos distintos: sob maré baixa o rio esvaziando e sob maré alta o rio enchendo. A posição da lente foi levemente alterada em cada vídeo, e projetados em paralelo criam uma paisagem expandida mas, em um primeiro momento, parece apenas espelhada, revelando uma certa dúvida sobre a função do reflexo.

A instalação sonora Balbakken surgiu de uma colaboração entre Marcellvs L. e o artista norueguês Munan Øvrelid. Para elaborar a peça sonora, os dois artistas partiram de estudos do pai de Øvrelid, um matemático aposentado, que gasta parte de seu tempo livre observando aves. Durante o inverno de 2012-2013 ele registrou metodicamente as diferentes ações das aves na árvore do seu jardim: suas relações com as alterações de temperatura, os tipos e o número de aves, o tempo e a duração da permanência e a quantidade de alimentos distribuídos e ingeridos. Estas observações e cálculos resultaram num gráfico que resume a vida em torno da árvore durante o inverno.  A partir destas informações a dupla de artistas compôs sete peças sonoras, correspondentes aos meses de outubro a abril, utilizando como ponto de partida os sons dos respectivos pássaros organizados a partir de um sistema de traduções sonoras baseado no gráfico do comportamento das aves.  0720 (2012) e 9493 (2011) são dois trabalhos que fazem parte da série VídeoRizoma, que o artista está desenvolvendo desde janeiro de 2002. Está série lida com o conceito de rizoma de forma ampliada, extrapolando os campos da Botânica e da Filosofia, propondo uma vivência das categorias filosóficas e das funções científicas.

O vídeo 9493 apresenta um garoto em uma barraca, instalada em uma região inóspita da Islândia, jogando videogame no meio de uma tempestade. O menino está concentrado em seu jogo e completamente indiferente à realidade ao seu redor, da mesma forma que a realidade da natureza está completamente indiferente à realidade do garoto. O trabalho pretende explorar esta indiferença humana à uma ordem estabelecida e compartilhada se movimentando em paralelo à fundamental indiferença da natureza em relação ao homem.  Em 0720 o artista explora a questão de como dar forma a fundamental falta de forma da realidade. A luz elétrica, enquanto controle e produção humana, ilumina tornando visível o movimento da neve sob forte tempestade na escuridão.

Dentre as diversas exposições em que o artista participou destacam-se: 9493 & 0720 (individual), Galerie Carlier | Gebauer, Berlim, Alemanha (2012), 12_12 (individual), Berlinische Galerie, Berlim, Alemanha (2011), Mythologies – Mitologias, Cité Internationale des Arts, Paris, França (2011), Vidéo Brésilienne: Un Anti-Portrait, Centre Pompidou, Paris, França (2010), 7ª Bienal do Mercosul – Grito e Escuta, Porto Alegre, Brasil (2009), Paris/Berlin/Madrid, Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, Madri, Espanha (2008), 9ª Biennale de Lyon, Lyon, França (2007), 27ª Bienal Internacional de São Paulo – Como Viver Junto, São Paulo, Brasil (2006).

Recebeu os seguintes prêmios: Arbeitsstipendium für Bildende Kunst 2011, Berliner Senats, Berlim, Alemanha (2011), Stipendium Akademie der Künste 2009, Akademie der Künste, Berlim, Alemanha (2009), ars viva prize 07/08 sound, BDI, Alemanha (2007), Nominated for Nam June Paik Award 2006, Cologne, Alemanha_(2006). .

Voltar ao Topo