Wim Delvoye

16 Setembro — 11 Outubro 1997
Exposição no 1º piso






O artista belga mostra representações de paisagens em jato de tinta sobre tela, uma pele de porco tatuada e um objeto em madeira, ferro e couro. As paisagens são fotografias de cidades, como Rio de Janeiro, nas quais as grandes montanhas possuem transcrições de recados rotineiros como: “Mike, dinner is in the oven, Jill” em letras grandes e em baixo relevo, feitos em computador. A dualidade do privado levado ao público, do futil transformado em monumental e do pouco importante eternizado atrai o artista em tom dramático. Já a casa de passarinho revestida com couro preto e apliques de metal e a pele de porco tatuada com nome de mulher e uma rosa vermelha indicam o interesse do artista pelo sadomasoquismo, punk, fetichismo e machismo.

Voltar ao Topo